Diário Cristão - Participação Especial

 Olá Princesas tudo bem? Depois de um mês sem postar aqui no blog, hoje eu trago um post especial para o nosso quadro Diário Cristão.
  É necessário que venhamos pesquisar sobre pessoas, que vivam o evangelho de Deus e façam tudo aquilo que Jesus nos ensinou, que é levar a palavra dEle e seu amor aos que mais necessitam.
  Fiquei esse tempo longe para entender realmente o que eu deveria passar para vocês e graças a Deus, Ele me deu a direção e espero que vocês venham ser transformadas através desses textos.

  Hoje vou liberar uma entrevista que eu fiz com o jovem Jhonny William, ele está em Missões no Haiti, fiz perguntas relacionadas a missões, relacionamento e sobre o chamado de Deus para a vida dele. Fiquem com a entrevista, leiam e reflitam sobre cada pergunta e sobre as respostas também.

-  Você nasceu em berço evangélico? Com quantos anos você descobriu o seu chamado?
   Não nasci em um berço evangélico, minha mãe e eu eramos católicos, há 10 anos ela foi para uma igreja evangélica e eu a acompanhei. Há cerca de 3 anos fui descobrir os propósitos de Deus para minha vida, através de sonho, pessoas que Deus usou e através da própria palavra de Deus que começou a arder fortemente dentro do meu coração quando lia por exemplo as viagens missionárias de Paulo.

- Sabemos que nos dias de hoje, há uma grande dificuldade de vermos jovens vivendo o chamado de Deus. Você acha que um dos impedimentos pode ser essa era da tecnologia? Já que ela está presente na maior parte do nosso dia. 
   Sim acredito. A tecnologia muitas vezes, nos une com quem está distante e nos afasta de quem está perto, Deus. As pessoas que desejam conhecer a Deus, precisam dedicar-lhe tempo, portanto, se não soubermos usar a tecnologia, nos tornaremos pessoas com pouco ou nenhum conhecimento sobre Deus. Em contra partida, a tecnologia nos ajuda, uma vez que durante uma missão, milhares de quilômetros, que nos afastam da família e amigos, ai sim a tecnologia nos aproxima.

- Hoje vemos muitos influenciadores principalmente na internet, a era do “ é tudo gospel” chegou com tudo nos últimos anos, influenciando jovens cristãos através de músicas, eventos, palestras e campanhas. Você acha que isso mudou a essência do evangelho?
   Sim, raramente o verdadeiro evangelho tem sido pregado... Nos tempos bíblicos, os homens de Deus eram perseguidos como Jesus foi, apedrejados como foi Estevão, decaptados como João Batista e Paulo, hoje, porém, as pessoas buscam aplausos, muitos deixaram de ser pessoas de Deus e passaram a ser somente pessoas que Deus usa, pessoas que assemelham-se aos crentes de Gálatas, começaram no Espírito, terminaram porém na carne. Nós precisamos de um reavivamento, nós precisamos mais da palavra, nós precisamos de pessoas que vivam o que estão pregando, nós precisamos de cristãos que se diferenciem do mundo.

 - Já sofreu algum preconceito na escola, na faculdade ou no trabalho por ser cristão?
   Já, a Bíblia diz que todos os que desejam viver loucamente por amor a Cristo, padecerão perseguições. Passei períodos da minha vida em que fui muito humilhado por não seguir os "padrões" que um jovem considerado normal, seguiria. Mas graças a Deus e para a glória d'Ele, as pessoas que antes assim faziam, hoje me parabenizam pelas renúncias que fiz e pelos resultados que elas geraram.

- Sabemos que você está em missões, comente alguma experiência que você vai levar para o resto da sua vida.
   Já tive várias experiências no campo missionário, uma que marcou minha vida, aconteceu no país da Jamaica. Eu saí sozinho às 17 horas para evangelizar nas ruas. Encontrei em uma esquina um jovem sentado com um roupa bem velha, tratava-se de um mendigo, ele reclamou que estava com uma dor de dente insuportável, eu então orei para Deus curá-lo. Ele então falou que estava com fome e sede, providenciei alimento e água. E então, comecei a falar do sacrifício de Jesus na cruz, que a vida que Deus tinha para ele não era aquela. Perguntei então se ele gostaria de entregar a vida para Jesus, e ele com lágrimas nos olhos fez a oração: "Eu, Felipe James, entrego minha vida a Jesus, que o Senhor possa mudar minha vida a partir de hoje, amém". Então me despedi dele e continuei a evangelização, 2 horas depois, já estava escuro, eu estava voltando para casa por uma outra rua, fui entregar um panfleto para um jovem, que ao invés de pegar o panfleto, me abraçou, quando levantei os olhos para ver quem era, me surpreendi, tratava-se do Filipe que com uma cara maravilhada me disse: "Cara, você não acredita! A minha dor de dente passou. Eu pedi para uma mulher comida, ela disse: "Venha na minha casa" ela me levou lá, deixou que eu tomasse banho, fez sopa para mim, me deu remédio, novas roupas e dinheiro, ela nem me conhecia" enquanto ele falava, pude ver o agir de Deus começando na vida daquele homem, não me contive e chorei de felicidade junto com ele.

- Hoje em dia muitos jovens estão focados, em ter sucesso na vida profissional, cursar uma boa faculdade, ter um bom emprego, e acabam deixando essa parte de fazer algo para Deus de lado. Como foi para você decidir fazer missões, ficar longe de casa, da sua família, amigos, etc? E em relação a sonhos, você teve que abrir mão de algum para viver essa fase da sua vida?
   O estudo é algo indispensável e insubstituível, muito do que estudamos utilizaremos de alguma forma em prol do Reino de Deus. Acredito que deve-se estudar, já que o conhecimento que adquirimos jamais nos será tirado. Sou formado em Educação Física, e com certeza, esta faculdade me amadureceu muito, muito do conhecimento adquirido tenho usado em pregações, organizações de eventos, comunicação. Sim, eu abri mão de muitas coisas, quando criança, deixei do sonho que muitas crianças possuem, o de ser jogador de futebol, eu passei em um teste de futebol no Internacional de Porto Alegre mas não senti de viajar. Mais tarde, passei em um concurso público na ESA, Escola de Sargentos das Armas, mas neste período, Deus me chamou para às missões, então renunciei também. E por último, o sonho de ser professor, depois da conclusão da faculdade no ano de 2013, várias escolas particulares me chamaram, mas preferi atender o chamado de Deus. Sobre a família, foi uma renúncia difícil, moro somente com minha mãe, por ter sido criado sozinho, sou muito apegado a ela. A primeira viagem missionária que fiz foi para Belém do Pará. No dia em que sai, ela começou a chorar descontroladamente, na hora de sair de casa, ela disse que iria orar por mim, colocou a mão na minha cabeça mas ela estava chorando tanto que não saía nem uma palavra, então eu orei por ela, ela então respirou fundo e orou desta maneira; "Deus, até hoje eu cuidei dele, a partir de hoje ele está em suas mãos" Isso marcou meu ministério, me senti como Samuel sendo entregue no Templo.

- Muitos dizem que estamos na geração “mimimi”, pelo fato de que tudo é motivo para sair da igreja, para sair falando mal do pastor, da irmã, do irmão. O que você acha sobre as pessoas que são assim?
  Quem sai de uma igreja por causa do homem, nunca entrou lá por causa de Jesus. A própria palavra de Deus nos adverte, que surgiriam escândalos, oposições, perseguições e na verdade é vencer desafios que nos torna grande, se pedimos a Deus fé, não podemos fugir daquilo que irá gerar a fé. Todos os que estão na igreja, precisam se sujeitar aos seus líderes, mesmo se não concordarem, se não ferir os princípios bíblicos, devemos obedecer, como Joabe que não concordava em realizar o censo de Israel, mas como o pedido vinha de seu superior, o rei Davi, ele obedeceu. Não devemos também estruturar nossa fé baseado no homem, pois todos nós estamos sujeitos a erros, hoje por exemplo estou firme, mas se amanhã eu enfraquecer, meus seguidores também enfraquecerão, mas se eu os ensinei a seguir a Jesus, mesmo eu estando fraco, eles continuarão fortes. Portanto, devemos seguir bons exemplos e nunca "boas" pessoas.

- Sobre relacionamento, muitos deixaram se levar pela carência e acabaram se machucando em relação a vida sentimental. Você já teve esse tipo de experiência e aprendeu alguma lição, ou você escolheu Esperar, Orar e Confiar e no momento certo Deus vai agir?
  Há coisas que só enxergamos quando estamos caídos, eu já errei por me precipitar e querer que Deus realizasse o meu desejo, de tanto eu insistir, Deus deixou que a minha vontade fosse feita, eu "quebrei a cara" a partir de então, aprendi que no último dia, seremos mais gratos pelo "não" que muitas vezes recebemos de Deus, do que pelo "Sim" que muitas vezes queremos como resposta. Mas hoje graças a Deus, estou tranquilo, entreguei meu coração a Deus, a ponto de se alguma "Rebeca" querer conquistá-lo, deverá buscar a Deus à fim de encontrá-lo (risos).


- Você acredita na evangelização através da internet?

   Sim, acredito. Eu fiquei 3 anos sem utilizar redes sociais por não saber utilizá-la, a pouco tempo fiz um Facebook onde posto regularmente fotos e vídeos relativos às missões, graças a Deus, milhares de pessoas tem sido alcanças.


- Qual seu versículo favorito?

   2 Coríntios 5:13 "Se mantemos o juízo é por amor a vós, mas se enlouquecemos é por amor a Deus."

- Deixe uma mensagem para os leitores.
  Que Deus abençoe a todos vocês, saiba, que se no seu coração arde o desejo missionário, é o próprio Deus quem colocou e é Ele mesmo que irá realizar, o que cabe a nós, é nos entregarmos ao chamado, para isso, comece fazer missões onde você vive, na sua escola, faculdade, trabalho, enfim, seja uma benção perto para que um dia você seja uma benção longe, 98 % dos idosos, dizem se arrependerem por não terem feito mais, se entregado mais, devemos ter um estilo de vida que influencie os demais, devemos ler biografias de heróis da fé, até que a nossa vida comece também a servir de inspiração. Aceite o seu chamado!


(caso queiram seguir ele no facebook é só clicar AQUI)

  Então o que acharam? Em breve teremos mais post nesse estilo, estou entrando em contato com algumas pessoas e em breve libero aqui para vocês :). \o/ 
  O mundo hoje está precisando de pessoas que se dediquem para fazer a diferença, infelizmente hoje no meio cristão, tem muita quantidade e pouca qualidade, pessoas estão preocupadas em ter o reconhecimento do homem, e acabam se esquecendo de Deus. Ore para que Deus venham revelar os propósitos dEle para sua vida, e que te guie pelo caminho da verdade sempre.
Desejo uma semana repleta de bençãos para vocês.
Espero que vocês tenham gostado do post ♥
Fiquem com Deus, um big beijo & até o próximo post.
Me sigam nas redes sociais ↓

15 comentários:

  1. Que post bacana! <3

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  2. Gostei bastante do post, pois você nos remeteu a algo muito importante que foi a palavra do pai.
    beijos!
    www.garotadelicada.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi meninas, que entrevista incrível! Confesso que sou suspeita pra dizer, pois amo missões! Acredito que quem faz esse tipo de trabalho caminhe lado a lado com o Pai, pois se doar nesse nível, não é nada fácil! Amei! Um beijo.

    ResponderExcluir
  4. Gostei bastante da entrevista.

    www.paginasempreto.blogspot.com.br

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. achei bem legal a entrevista!

    www.blogamorarosa.com

    ResponderExcluir
  6. Que legal flor, muito bom seu post!
    Eu conheço a Jamaica s2!

    Amei ficar um pouquinho naquele país.

    bjos, Debi
    http://www.deborabrazil.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Que bacana essa entrevista! Gostei muito das respostas dele, me pareceu ser um rapaz muito sábio. Tem uma coisa que ele disse que chamou muito a minha atenção: "Quem sai de uma igreja por causa do homem, nunca entrou lá por causa de Jesus".
    Bjo!
    http://www.cristadelicada.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Lindo post! Precisamos Orar mais... para que Deus venham revelar os propósitos dEle para nossas vidas, e que te Ele nos guie pelo caminho da verdade sempre. Sábias palavras Paula!

    Simplesmente Princesa
    Bjnhs e sucesso sempre 💛

    ResponderExcluir
  9. Achei bem legal a ideia do post de trazer uma entrevista, bem criativa e cheia de ensinamentos :)
    Beijos,

    Amanda
    http://talesandtalks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Lindo seu post, amei!
    http://www.karinadovale.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Foi uma ótima entrevista! Não concordo muito com a expressão "geração mimimi", acho que somos uma geração que luta pelo aquilo que acredita, e muitas vezes somos chamados assim por pessoas que não entendem essa luta... mas entendo o que você quis dizer, realmente existem pessoas que reclamam de tudo quando não há necessidade. É bom ver pessoas como Jhonny que usam a religião para o bem, a experiência que ele contou foi linda! Espero que ele continue espalhando amor por onde passe <3
    Um beijão,
    Gabi do likegabs.blogspot.com ♡

    ResponderExcluir
  12. Meu Deus que história linda! É muito bom conhecer servos do Senhor assim ;)
    Beijos
    Filha do Rei: http://filhadoreilarisse.blogspot.com.br/
    Seu layout novo é aqui: http://larissedesign.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Que bom que você voltou querida e que bom que usou o tempo que esteve longe para crescer espiritualmente.
    Mas vamos lá! UAU são tantas bênçãos nessa entrevista que nem sem por onde começo. Que homem abençoado e que bom que pela Graça de Deus também podemos nos tornar bênçãos para nosso próximo.
    É bem verdade que muita gente acaba se afastando de Deus e dos amigos próximos para estar nas "tecnologias" e isso é um grande problema, pois deveríamos usar esses meios para bênção e não maldição.
    Outra verdade foi que vivemos nessa geração do mimimi, muitos não olham para Cristo, mas, sim para o irmão e isso é péssimo, pois a verdade é que a igreja é um hospital onde todos lá estão querendo melhorar e ninguém está completamente perfeito. Como ele falou: se espelhe em bons exemplos e não em "boas pessoa" pois todos nós podemos cair.
    O que ele falou sobre desistir de algumas coisa, me tocou, pois também estou tendo que desistir de algumas coisas para poder crescer espiritualmente.
    Amei a experiência que ele falou do mendigo, muito emocionante, também quero que Deus me use e me transforme para obra dEle.
    Beijos e Fica com Deus, parabéns pelo post e a iniciativa de tocar em assuntos tão importantes como esses.

    www.caminhadacrista.com

    ResponderExcluir



© Blog Blog Paula Silva 2014 - Todos os Direitos Reservados